Poupança não é investimento

Comentários

Neste texto você vai descobrir porque investir na poupança é cada vez mais uma péssima escolha.

O que você vai aprender neste texto:

1. O que é a Poupança?

2. Quando realmente vale a pena investir na Poupança?

3. Poupança: Rendimentos garantidos! Nem tanto assim caro amigo... 

4. Não Siga a manada!

5. Valeria a pena ir por esse caminho em busca da sua Liberdade Financeira? 


============++++++++++++++++============


A poupança, o investimento mais popular do país. Ponto.

São 10.145 poupadores que juntos possuem valor na caderneta de R$ 36,2 bi, o que dá uma média de R$ 3,5 milhões por cliente (Dados do início de 2014). 

O dinheiro aplicado na poupança no ano passado aumentou muito e não é lógico este crescimento num ambiente de inflação alta em que vivemos.

Há bem poucos anos vivíamos, na década de 1980, a inflação chegou aos galopantes 330% ao ano. Isso fez com que toda uma geração utilizasse a poupança como a estratégia para "barrar" a queda do valor de mercado ou do poder de compra do dinheiro.


Tradição e inflação fizeram o brasileiro gostar da poupança. Mas os tempos mudaram... Então



Vale a pena colocar o dinheiro na poupança para render juros?



Essa é uma boa pergunta para quem quer fazer o seu primeiro milhão e buscar viver de renda passiva. Mas, primeiro vamos entender este produto financeiro que o povo brasileiro adora.



1. O que é a Poupança?

De maneira simples: A poupança é uma conta num banco na qual você deposita o seu dinheiro que rende um pouquinho todo mês. Esse pouquinho é determinado pela taxa de rendimento.


1.1 Porque o brasileiro confia na poupança?

É uma das aplicações financeiras mais tradicionais, a Caixa Econômica tem esse produto financeiro há mais de 150. Está na cultura do Brasileiro.

A poupança é um investimento atraente por não ter Imposto de Renda, nem taxa de administração, e por permitir o saque a qualquer tempo. Isto é, não há corrosão do seu dinheiro por estas taxas, Isto significa que deixar seu dinheiro na poupança é até bom, mas...



1.2 Com todos esses benefícios, então por que a caderneta de poupança não é um bom investimento?


Por um motivo bem simples: existem opções muito melhores no Brasil! E até é possível aplicar com as mesmas características. Mas vou falar isso mais tarde.




Aplicar na poupança é um péssimo investimento



1.3 Como funciona a Nova "Caderneta" de Poupança?


Antes de 04 de maio de 2012,  a remuneração da poupança era de 0,5% ao mês + TR (equivalente a 6,17% ao ano + TR - Taxa Referencial). Quem tinha dinheiro aplicado antes disso tem mantida essa regra.


A regra atual determina apenas que a taxa Selic de 8,50% será a referência:

  • Se a Selic seja maior que 8,50%, a rentabilidade da poupança é a mesma que já conhecemos: 6,17% ao ano + TR.
  • Se a Selic seja menor ou igual a 8,50%, a rentabilidade será de 70% da Selic + TR.



Os depósitos realizados antes do dia 04 de maio de 2012 não sofrem nenhuma alteração e tem garantido o rendimento fixo de 6,17% ao ano + TR, pelo tempo que forem mantidos em poupança. 


1.4 Quais as Vantagens da Poupança?

Alguns recomendam ter uma poupança para emergências. talvez de 3 a 12 meses do valor de seus custos fixos. E talvez seja a sua mair vantagem...

Mas vamos às outras...

1.4.1 Não existe “taxa de corretagem”


Entenda o que é: muitos investimentos apresentam um rendimento maior, porém é necessário pagar taxas para a corretora e equipe que cuida do investimento, ou seja, a taxa de corretagem. 


Assim, transações de pequeno valor se tornam inadequadas, já que a taxa de corretagem pode ser fixa (alguns bancos de investimento ou corretoras cobram R$ 10 reais, por exemplo).


Como a poupança não tem essa taxa de corretagem, o investidor pode enviar qualquer valor para a poupança.



1.4.2 A poupança é isenta do imposto de renda


Isso também é muito bom, pois outros investimentos aparentemente possuem grandes retornos, mas o investidor mais novato esquece de calcular a mordida do Leão e acaba se decepcionando quando decide efetivamente pegar o dinheiro de volta.


1.4.3 Poupança é melhor do que muitos fundos.


O problema de muitos fundos de investimento é a alta taxa de administração cobrada. Dependendo da taxa de juros, as regras da poupança podem ser mais vantajosas do que em fundos de investimento.



1.4.4 A poupança possui Alta liquidez


A liquidez representa a possibilidade de usarmos o dinheiro quando for necessário. Podemos retirar e enviar o dinheiro da poupança para a conta corrente com facilidade.


Só vale prestar atenção no aniversário da poupança (data do dia que você fez o depósito), que é quando o rendimento é contabilizado. 


Não é uma boa resgatar fora desses dias, já que o capital resgatado acaba não rendendo os juros daquele mês.


Na "alta liquidez que mora o perigo": Com a poupança é mais fácil se desfazer do investimento para atender a impulsos de consumo a que somos submetidos todos os dias de nossa vida. 

Como a poupança é muito fácil de usar, infelizmente é comum que muitos ao verem uma "liquidação imperdível", uma "black friday", um carro com IPI reduzido e use o dinheiro que estava sendo poupado para outra coisa.


Por causa dessa liquidez, um bom uso para a poupança é deixar o dinheiro acumulando até que seja possível transferir para um investimento melhor.



2. Quando realmente vale a pena investir na Poupança?


É importante notar que quanto maior os juros básicos da economia, pior é o desempenho da Poupança em relação às demais aplicações, e vice-versa. Assim a Poupança começaria a se tornar um bom investimento de curto prazo quando os juros básicos da economia caíssem para níveis próximos de 8% a.a.. Mas aí o governo mudaria as regras do jogo... (isso é uma outra história)




"Poupança ainda é a predileta do brasileiro por uma questão histórica e por falta de educação financeira"

DESFAZENDO OS MITOS DA POUPANÇA



3. Poupança: Rendimentos garantidos! Nem tanto assim caro amigo... 

Infelizmente nos últimos anos no Brasil estamos vivendo a situação em que a rentabilidade real da poupança está fazendo o  "investidor" perder dinheiro.

Sim, se você está deixando todo seu dinheiro na poupança, então está perdendo seu dinheiro!


Isso porque a rentabilidade real (quando descontamos a inflação dos rendimentos é quando encontramos o dinheiro realmente ganho) é baixa ou negativa.


Por exemplo, se a inflação for de 6% e a poupança render só 5%, na verdade o seu dinheiro perdeu poder de compra, já que os preços aumentaram mais do que seu patrimônio.



Poupança diminui poder de compra ao longo dos anos


Apesar da poupança ter um risco muito baixo, ela não é o investimento menos arriscado e você pode sim perder o dinheiro que está aplicado na poupança.














Alguns podem pensar que a poupança é a melhor opção para quem tem pouco dinheiro.


Um deles é o Tesouro Direto, com baixo risco e ótima rentabilidade. 


Outra opção são os CDB (
Certificados de Depósito Bancário) de bancos menores. Podendo aplicar valores abaixo de R$ 60 mil em CDB. Tome cuidado com os riscos do banco quebrar e ser necessário recorrer ao F.G.C. para recuperar o investimento em CDB abaixo de R$ 250.000 mil.'

3.1 Se você tiver muito dinheiro para investir, a poupança é ainda mais desvantajosa


Entenda o seguinte: Quanto mais recursos você tem, maior o acesso a produtos exclusivos, que vão desde fundos com aportes maiores e taxas menores até produtos que não estão no radar do investidor comum, mas que pagam mais. Essa é a Regra de ouro das finanças!


Excelentes exemplos são: 



  • Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), que podem exigir um aporte mínimo de poucas dezenas de milhares de reais; Das Debêntures, que são aplicações de aporte mínimo da ordem de centenas de milhares de reais.
  • Certificados de Depósito Bancário - CDB – Não paga taxa de administração, mas paga Imposto de Renda (IR). Busque CDBs que remunerem com ao menos 90% do CDI.
  • Fundos de Renda Fixa – Para investir em fundos, a dica é olhar a taxa de administração. Para que o fundo ganhe da poupança, a taxa tem de ser menor que 1%.
  • Previdência Privada – se seu objetivo é de longo prazo (acima de 10 anos), investir em previdência privada é praticamente imbatível.Tome cuidado com a taxa de administração. Uma taxa de 1,5% ao ano é até viável, mas uma taxa de 3% ao ano vai retirar toda a rentabilidade. 


Ok. Existe desvantagens. O principal problema desses investimentos, porém, é a liquidez reduzida ou inexistente, é necessário esperar o período de carência ou mesmo até o vencimento para resgatar os recursos.


E outra... Essa é histórica.


Quem não Lembra do Governo Collor? (Se você tem mais de 30 anos...)


O governo já confiscou a poupança no passado e pode fazer isso novamente.

Poder de compra diminui se aplicar na poupançaNo passado recente do Brasil, houve um presidente, o ex Presidente Fernando Collor de Mello, e uma ex Ministra da Fazenda Zélia Cardoso de Mello, que realizaram uma intervenção direta para "melhorar a economia brasileira". Eles bloquearam as poupanças de milhões de trabalhadores brasileiros. Muitos tiveram grandes prejuízos, pois tinham todos os rendimentos na poupança. Foi uma época terrível.

Não! A poupança não é tão segura ou garantia de ganho como se pensa.


Fica a Lição: nunca deixe todos os ovos na mesma cesta!



3.2 Investir na Poupança não é mais simples que outros investimentos




Quem te falar que investir em outros produtos financeiros é difícil, é porque nunca tentou investir de verdade.



Investir na poupança é relativamente fácil (precisa de RG, CPF e comprovante de residência) e você ainda tem que ir pessoalmente até a agência bancária para fazer isso.



Para abrir uma conta numa corretora é exatamente o mesmo procedimento! E em algumas podem ser feitos via internet!





4. Não Siga a manada!


Poupança não é investimento



O fato de cada vez mais gente continuar a aplicar na poupança não quer dizer que ela seja uma boa opção. Com a inflação elevada do jeito que está, aplicar na poupança é sinônimo de perda de poder de compra.

Diante de tantas notícias que incentivam a aplicação na poupança e um cenário econômico tão ruim, com inflação alta, dólar valorizando, aumento dos gastos do governo e poucas perspectivas de mudanças estruturais para aumentar os investimentos e promover reformas que resultem numa situação econômica melhor para o país... Por que tantos brasileiros aplicam na poupança?

Infelizmente a situação dos investimentos no Brasil revela a baixa educação financeira do país, é preciso olhar o estágio atual de captação da caderneta de poupança. A entrada de dinheiro na poupança registrou entrada recorde de recursos nos últimos meses. Incrível, não?

Eu sei que Pesquisar, Calcular e Comparar exige esforço e dá trabalho. 

5. Valeria a pena ir por esse caminho em busca da sua Liberdade Financeira? 

Se Sim, então vale a pena começar a melhorar sua Educação Financeira.



Como fazer para investir melhor meu dinheiro?


Recomendo investir em conhecimento para que você formule as suas próprias estratégias de enriquecimento e bom uso do seu dinheiro de acordo com sua realidade e necessidades.

A forma mais completa para isso é com o nosso curso de Coaching Financeiro Minhas Contas no Azul. Além do programa central que vai diretamente nos aspectos psicológicos necessários para acelerar nossas ações de enriquecimento.

Entramos em detalhes sobre como você pode entender qual é o seu perfil financeiro. Damos uma explicação bastante didática e completa de diferentes produtos financeiros para realizar a escolha mais inteligente.

Caso você queira realizar este curso, Programa de Coaching Minhas Contas no Azul para receber mais detalhes.