Como aprender tudo mais rápido e melhor

Comentários

Crie Hábitos que otimizem o aprendizado para ser mais rápido e melhor. 

Viver de Renda Passiva ou atingir um estado melhor do que antes. Creio que esse é o objetivo de muitos que me acompanham. Eu digo que com um pouco de manutenção e regularidade de "atividades", a mente pode se tornar mais nítida e preparada para enfrentar qualquer desafio e absorver novas informações.



Mantenha o seu cérebro em forma com hábitos regulares que listo a seguir:

Dica 0: Escreva, não digite. 

Ao digitar suas notas no computador é ótimo para a posteridade, o computador vai lembrar de tudo. Você não! A escrita à mão estimula idéias e organiza o pensamento. 

Mais uma coisa... O simples ato de segurar e usar uma caneta ou lápis estimula pontos de acupuntura na mão, o que por sua vez estimula idéias.


1. Pratique Exercícios Regularmente

É comprovado que pessoas que trabalham no ginásio e levantam pesos e fazer cardio realizar uma série de benefícios físicos (ver: quase tudo neste site), mas acaba por exercício também pode melhorar o aprendizado e memória . Se os seus pensamentos estão confusos, tente dar uma caminhada rápida ou ir à academia. Um estudo descobriu que a memória e processamento cognitivo (a capacidade de pensar com clareza) melhorou após uma única sessão de exercício de 15 minutos.

aprender mais rapido melhor


2. Meditar é preciso

Todos nós precisamos gerenciar nosso stress. A meditação além de desestressar melhora a memória, controla de impulsos e atenção desenvolvendo equilíbrio emocional. Isto acontece porque fortalece a comunicação entre o córtex pré-frontal e as diferentes áreas do cérebro, e desenvolve o funcionamento cérebro total. Como ganho adicional você melhora sua criatividade.

Beneficios da meditação para o cérebro


E por isso a meditação também ajuda a melhorar as nossas relações pessoais o que favorece a estabilidade e harmonia em nosso redor.

Com o desenvolvimento da harmonia, consegue-se mais paz e tranquilidade e maior aceitação de si mesmo e do outro. Portanto, isso acaba gerando mais alegria na rotina diária.

É fundamental manter a ansiedade e o estresse sob controle, o que proporciona uma boa disposição e saúde tanto física quanto mental.

3. Coma ácidos graxos poli-insaturados  

Coma Peixe! Ômega-3 são ácidos graxos cruciais para o funcionamento do cérebro e ajudam a controlar a aprendizagem e memória do cérebro centros.

Como aprender tudo mais rápido e melhor


Peixes frios de água doce como o salmão é uma fonte famosa fantástico de ômega-3, mas outros peixes, como o arenque, cavala, atum, contêm uma quantidade similar . Outras fontes de PUFAs incluem nozes, amendoim, Semente de linhaça, chia e sementes de abóbora.

4. Durma bem

Quando a crise é, as pessoas muitas vezes sacrificam sua horas de sono em favor de mais tempo para trabalhar ou estudar.

Não faça isso!


Falta de horas de sono tem efeitos irreverssíveis

Só para citar alguns problemas, passar mais de 24h sem dormir pode resultar em: Confusão mental; Raciocínio lento; Coordenação motora mais lenta; Problemas de memória; Irritabilidade.

Além disso, o extra de trabalho mental que é feito não vale a pena ao não se dormir direito, pois no outro dia você não se recuperará completamente e não produzirá nenhum trabalho significativo.

Sono adequado a cada noite é fundamental para o funcionamento do cérebro, o bom senso, o tempo de reação, e o uso da boa comunicação com as pessoas.

A mente de um bom dorminhoco vai aprender muito mais rápido, o que justifica as horas "perdidas" de trabalho e estudo por ficar uma noite mais cedo.

5. Beba água

A desidratação é mais comum do que você imagina.

Beber água corretamente combate infecções e auxilia no transporte do sangue de minerais; Melhora capacidade de resposta e de processamento mental em geral melhoram com a hidratação; Diminui a retenção de líquidos e contribui na redução de peso; Contribui para a desintoxicação do organismo; Ajuda na renovação celular e a diminuir a descamação da pele seca e na absorção de nutrientes.

aprender mais rapido e melhor
Leve uma garrafa de água para todos os lugares. 

Lembre-se também que uma grande quantidade de alimentos comuns, especialmente frutas, são surpreendentemente boas fontes de água.

6. Pratique Ioga (alongamento, tai chi chuan ou algo do gênero)

Há uma maneira fácil de aumentar a massa cinzenta do seu cérebro: Fazer ioga. Os Iogis também relatam menos falhas cognitivas, ou seja, erros de percepção, memória e função motora.

Além disso: Redução do estresse e ansiedade; Aumenta de satisfação e melhor desempenho no ambiente de trabalho; Diminui da insônia e depressão; Aumenta de bem-estar e autoestima; Estimula da criatividade, inteligência e memória; Fortalecimento do sistema nervoso e imunológico; Reduz a pressão arterial e de dores de cabeça; Diminui do consumo do tabaco, do álcool e de drogas ilícitas.

7. Tenha um hobby

É importante passar algum tempo cada dia em que não trabalho ou estudando atividades. Não só o cérebro precisa de tempo para fazer um balanço de todo o conhecimento que é feito, mas pegando passatempos alheios pode torná-lo mais esperto.

Tente algo que requer muita concentração e coordenação olho-mão: Um estudo constatou que as pessoas que tiveram aulas de malabarismo demonstraram um aumento em sua massa cinzenta (embora tenha desaparecido assim que pararam de praticar).

Essa é mais uma razão para nunca parar de aprender coisas novas.

Tradução livre: "Dica para ficar feliz:
Tenha aulas ou tente uma atividade pouco familiar
para aprender algo novo. Manter sua mente e corpo
ativos ajudará a permanecer jovem e saudável".

8. Agende a sua vida

Uma vida estruturada é um fator importantíssimo para o sucesso. Nosso corpo e mente amam a estrutura da rotina.

A rotina de uma boa agendar é muitas vezes ligada à capacidade de implementar estrutura na vida de alguém, por isso é uma boa ideia para definir metas e criar horários de estudo realistas.

Realista não significa apenas ficar mais de uma hora para que o texto da redação esteja pronto - também é importante para programar o tempo de recuperação entre as séries de intenso trabalho, quer se trate de aprender uma nova fórmula de Física ou como dirigir um carro.

O agendamento do seu tempo de relaxamento para o cérebro é chamado de "o efeito de espaçamento", e ele é conhecido por melhorar a recuperação a longo prazo de nossos corpos e mentes.

9. Ria bastante

O ato de rir é muito complexo e faz bem para a saúde que talvez você nem imagine. Ter tempo para relaxar é importante para evitar o desgaste físico e mental, mas é ainda melhor para fazê-lo com pessoas que fazem você rir.

Rir é o Melhor Remédio
Num estudo recente publicado no Geriatrics and Gerontology International, investigadores descobriram que a terapia do riso reduziu a depressão nos pacientes idosos que foram analisados e que o riso melhora a qualidade do sono e reduz as insônias.

Uma pesquisa na Universidade de Loma Linda, na Califórnia (EUA), afirma que o riso pode reduzir o risco de doenças cardíacas. Só isso já deveria ser o suficiente não é mesmo?

O simples ato de rir tem sido demonstrado para ajudar com a resolução de problemas e criatividade na hora do estudo. Engraçado, não é?

Mas não vá cair na tentação de ficar o dia todo de bobeira rindo à toa. Volte a estudar agora! rs rs - risos :]

10. Conheça a sua motivação

Pergunte, a pergunta: "Por que estou aprendendo isso?" Saber o que você quer é um processo fundamental para ter sucesso na sua vida em qualquer aspecto que você possa pensar.

Busque um MOTIVO + AÇÃO.
Por que você quer aprender alguma coisa?
O que deseja alcançar através da aprendizagem?

Se você não sabe por que você quer aprender, então as distrações serão muito mais atraente.

como aprender com motivação


Muitos deixam de estudar ou não gostam de um assunto porque não sabem qual o motivo de o estudarem. As pessoas aprendem melhor se a informação parece útil para eles, e particularmente se eles acreditam que ele pode ter um impacto em sua comunidade.

Escolha um assunto, curso, passatempo ou carreira que seja importante para você. Sempre procure se motivar para se desenvolver.

"O que quer que a mente do homem pode conceber, ela pode alcançar".
W. Clement Stone

11. Aqueça seu Cérebro

Tenha um pouco de diversão antes de começar a trabalhar.

Converse com amigos, assista ou leia sobre algo engraçado. Deseje a todos um bom dia. Crie rimas ou cante uma música alegre. Sorria. Divirta-se o dia esta só começando.

Tente mentalmente um "aquecimento" é um excelente exercício para o cérebro. Ele vai ajudá-lo a soltar-se e tornar-se mais receptivos à aprendizagem.

Dica adicional: Caminhe antes de um teste ou exame. O exercício pode aumentar o seu poder de memória e do cérebro. A pesquisa conduzida pelo Dr. Chuck Hillman, da Universidade de Illinois chegou conclusão que caminhar 20 minutos antes de um exame pode melhorar o seu desempenho na prova.

12. Encontre um amigo

Se manter na tarefa de aprender é uma batalha difícil. Tente pedir a alguém para acompanhá-lo. Aprender em grupos (seja ele uma classe, clube do livro ou com um amigo) pode ser uma boa ideia para ajudar a manter o foco e adiciona um pouco de responsabilidade para com o processo.

Mas atenção. Não fique dependente dessa tática. Aprender é um ato solitário e ativo. É preciso que você queira e realmente se envolva com o que precisa ser aprendido.

13. Olhe à sua volta

O ambiente de aprendizagem é fundamental para a direita. Está desorganizado. Arrume-o. O ambiente ao nosso redor nos motiva. Um ambiente bagunçado ou sujo pode lhe atrapalhar, mesmo que você já esteja acostumado com ele.

Em geral, ele deve ser limpo e calmo, mas também é uma ótima ideia para adicionar um pouco de novidade: Tente trabalhar em um parque, um café ou até mesmo apenas um quarto diferente em sua casa. Evite deitado na cama, embora - enquanto uma área de estudo deve ser confortável, a cama é psicologicamente associados com o sono e relaxamento. Você vai se concentrar melhor em outro lugar.

Implemente formas de reduzir as distrações, pelo menos por algumas horas de cada vez. Quanto mais concentrado e organizado você estiver menos a aprendizagem vai se tornar uma experiência frustrante.

14. Desenvolva metacognição

Meta + cognição:  é o estudo sobre como melhorar o processo de aprendizagem, e tem sido estudada por professores desde Aristóteles estava lecionando no século 4, BC.

O conceito de metacognição enfatiza não apenas material de entender, mas a compreensão de como você entende isso.

Aprenda a aprender.

Aprenda a dar um passo atrás de sua primeira impressão, questionar o seu próprio conhecimento, e avaliar se e como você está digerindo material novo.

Às vezes, isso é tão simples como não ler tão rápido quando o idioma é difícil, ou o desenvolvimento de um novo sistema para tomar notas.

A maioria simplesmente, a metacognição é sobre ser reflexivo sobre o processo de aprendizagem e fazer os ajustes necessários.


15. Faça uma coisa de cada vez

A capacidade de multitarefa pode ser louvável como um traço de valor inestimável, mas alternando entre as tarefas tem sido mostrado improdutivo pois aumenta o tempo que se leva para concluí-las.

Tente incorporar uma força diferente: obstinação.

Um ser obstinado é aquele, segundo o dicionário, que é perseverante, tenaz e persistente em conseguir seus objetivos. Muitos homens fizeram história agindo dessa maneira e tornaram-se famosos alcançando suas metas. Outros, não conseguiram e caíram em desgraça, algumas vezes suas teorias foram comprovadas no futuro, muito além do seu tempo.

Ao unir obstinação com uma única tarefa por vez, você se tornará imbatível! 

E você? Que tipo vais ser?

16. Não tenha medo de falhar

Um grupo de estudo em Cingapura descobriram que as pessoas que tentaram resolver problemas difíceis de matemática, sem qualquer instrução ou ajuda eram mais propensos a falhar -, mas, no processo, eles vieram com um monte de idéias sobre a natureza dos problemas e que soluções pode parecer, que os ajudou a ter um melhor desempenho com problemas semelhantes mais tarde.

Este fenômeno é chamado de "fracasso produtivo ". Embora seja semelhante ao processo frustrante de tentativa e erro, ele mantém a mente criativa e flexível.

17. Teste você mesmo

Não espere até a semana do concurso ou a grande apresentação - teste-se regularmente, ou (melhor ainda) tenha um colega ou amigo fazer as perguntas. Se for difícil lembrar a resposta rapidamente, é melhor procurar estudar mais um pouco.

Caso contrário, você está realmente aprendendo o " estado de erro "de um desenho em branco quando a pergunta. Enquanto o "fracasso produtivo" (ver: # 16) é útil para a resolução de problemas, falhando várias vezes para recordar algo que requer memorização (por exemplo, História ou Direito) não vai melhorar suas habilidades de aprendizagem.

18. Sempre estar zipando as informações (Mapeie a estrada)

Tente ligar informações em uma imagem , como um gráfico, gráfico ou mapa mental . Visualizando o conhecimento de diferentes formas ajuda a dar-lhe uma representação mais forte em sua mente.

19. Estabeleça as condições da Informação

Em outras palavras, estudar sobre as condições mais amplas de tudo o que você está aprendendo (ou seja, descobrir por que isso é importante).

Livros didáticos (e maus professores) muitas vezes ensinam sobre fatos atuais e fórmulas matemáticas sem dar qualquer atenção aos estudantes aprender as condições em que eles são mais úteis.

Trabalhar para entender quando, onde e por que o conhecimento é importante ajudará a solidificar-lo em sua mente.

20. Use diversas mídias

As formas mais você experimenta informação, o mais provável você é para retê-lo. Diferentes meios de ativar diferentes áreas da mente, e recordamos coisas mais rapidamente e reter o conhecimento melhor quando várias partes do cérebro estão trabalhando em conjunto.

Tente ler, ouvir um podcast (áudio), assistir a vídeos do YouTube. Não faça isso ao mesmo tempo (é claro) que estuda, procure realizar essa atividade em momentos.



21. Conecte com o conhecimento existente

Se você pode amarrar entre si o que você está aprendendo a algo que você aprendeu antes, isso ajuda a melhorar a velocidade de recuperação e promover novas aprendizagens.

Por exemplo, se você está aprendendo sobre Macbeth , que poderia ajudar a ligar o jogo com o seu conhecimento de Shakespeare, na Escócia, na Idade Média.

Incorporar seus estudos dentro tanto quanto de estrutura existente do seu cérebro possível.

22. Estabeleça consequências ao desistir

Muitas pessoas ficam aquém de seus objetivos, pois não percebem as consequências de se desistir. Busque "pagar" pela desistência comprometa-se com "incentivos" negativos. Tais como lavar roupa do seu companheiro de quarto por um mês, pagar R$ 50,00 a alguém próximo se não estudar diariamente de segunda a sexta. Garanta que a pessoa saiba sobre isso e faça dela seu fiscal.


23. Seja confiante

Ser confiante e sei que você vai realizar muita coisa. Não só porque é a verdade, mas porque simplesmente acreditar na própria inteligência tem sido mostrado para melhorar isso . Não se preocupe com uma coisa, amigo.

Você tem isso. Você consegue. Eu sei. Saiba você.