O QUE FAZ UMA EMPRESA SER A MAIOR DO MUNDO

Comentários


Sergey Brin e Larry Page eram colegas de universidade em Standford e tiveram a ideia do sistema de buscas virtuais (Page Rank – futuro Google). Como estavam no meio de um doutorado, tinham duas opções: Terminar os estudos ou se dedicar a nova ideia. Abriram a empresa em uma garagem, e sem dinheiro, a patente foi feita pela universidade. Em 1998 não terminaram os estudos para começar a nova empresa.
Até 2001, a empresa quase foi fechada várias vezes, porque o serviço era gratuito. Apenas tinha a promessa de um dia ter investimento de empresas.

No auge dos lucros, foram convidados para um jantar com a família real Britânica.Quando foram orientados sobre e etiqueta para comer suplê de maracujá, perguntaram para a rainha: “Por que tem que ser assim? Não pode ser diferente?”. Toda a filosofia da empresa (resultados são mais importantes do que regras) estava clara no caráter de seus donos. Toda a empresa é a cara do dono.

Tudo começou sem chefes e gerência. A idéia era que cada um deveria resolver seus problemas, através de pesquisa, auxilio dos colegas etc. Os donos acreditavam que as pessoas trabalhariam melhor sem supervisores. Só só mudaram porque a confusão foi geral e os próprios funcionários disseram que precisavam ser gerenciados.

Cada funcionário tem liberdade para escolher seu ambiente de trabalho, seus horários, roupas, e até um dia para levar seu animal de estimação. Só uma coisa importa na empresa: O resultado

20% do tempo do dia é dedicado somente a produção de ideias. O funcionário deve parar somente para analisar na intranet as ideias dos colegas e propor novas.

No Google, um funcionário precisa apresentar dados estatísticos reais quanto tem um projeto. Não existe “Este sistema é ótimo, vai dar certo”. Tem que ser “Até o dia 10 de abril este método vai arrecadar 20% de receita bruta para o Google”. Se na data, o resultado não for alcançado, o funcionário precisa apresentar o projeto para toda a empresa, explicando o pontos que levaram ao fracasso. Assim todos aprendem para não cometer os mesmos erros em seus projetos.

Quando um funcionário apresenta um projeto, os proprietários começam a contar: 1,2,3... Se demorar, é rejeitado. Tratando-se de sistema, o projeto só é bom se puder ser executado em 1 segundo (como exemplo rapidez na resposta de buscas).

Em uma das 8 etapas do processo seletivo, o candidato precisa apresentar todo o seu histórico escolar desde o primeiro ano. O Google não analisa apenas as ultimas experiências ou cursos, mas sim, toda a vida escolar do candidato. Quais as matérias que sempre teve mais facilidade, em quais momentos teve dificuldades e porque etc.