Lojas de Varejo são empresas fianceiras que vendem dinheiro

Comentários

Pernambucanas, Ponto Frio, Casas Bahia, Renner, Riachuelo entre outras são empresas financeiras que se especializar em emprestar dinheiro e não em vender a varejo para os clientes.

Lojas tradicionais de mercados varejistas de vestuário e produtos eletrônicos no país adotam a estratégia de financiar (emprestar) as compras a prazo do consumidor por meio de cartões próprios, carnês e boletos.. 




E essa estratégia é a mina de ouro dessas empresas para lucrarem cada vez mais em cima dos juros praticados ao realizarem o empréstimo a seus clientes.

E o que é VAREJO?

O negócio de Varejo ou Retalho é a venda direta de produtos ou a comercialização de serviços em pequenas quantidades ao comprador final, ao contrário do que acontece na venda por atacado.

Com a ascensão das classes de menor renda com sua pouca educação financeira para lidar com dinheiro essas lojas se dedicaram a cadastrar os clientes que compravam a prazo nas suas redes de lojas.

O carnê e o cartão de crédito é uma maravilha, assim o cliente volta na loja para pagar e o caixa é geralmente bem posicionado lá no fundo... Onde cliente tem de percorrer toda a loja e acaba comprando sempre mais alguma coisinha...

Assim essas lojas varejistas assumem um duplo papel: emprestar dinheiro para poder vender!

As concessões de crédito (emprestar dinheiro) das empresas varejistas carnês de pagamento e cartão de crédito e, são crescentes fontes de renda dessas empresas.

Quando você financia a compra de roupas, eletrodomésticos e eletrônicos você está realizando um empréstimos para poder consumir imediatamente aquele produto. É a tática que elas desenvolveram para ficar com seu dinheiro duplamente: com a venda do produto e com os juros praticados.


A lição sobre Educação Financeira que fica:


O grande perdedor é o consumidor. É que o custo para o próprio varejista buscar crédito no mercado para repassar aos clientes é maior que o dos bancos. Isso significa juros maiores para quem financia.

Se você deseja conquistar sua liberdade financeira e viver de renda passiva, pense bem antes de financiar suas compras em lojas varejistas.