Como conquistar a Independência Financeira

Comentários

Qualquer Pessoa Pode Conquistar sua Independência Financeira


As suas atitudes para vão conquistar independência financeira

Algumas decisões que você toma vão causar impacto por toda a sua vida. São as suas escolhas que vão mudar seu padrão financeiro - e podem deixar sua conta sempre no azul.

Estatísticas tristes revelam que, de cada 100 pessoas que começam a trabalhar aos 20 anos, quando chegam na idade de se aposentar. 

É muito comum ouvirmos: "Tenho 50 anos e estou cansado do que eu faço. Queria me livrar do chefe chato, das longas jornadas de trabalho e do salário insatisfatório. É o meu sonho". 

Infelizmente não é o que acontece:

1% fica independente financeiramente.
4% aposenta-se com algum conforto.
3% Ainda precisa trabalha para se manter com algum conforto.
63% depende do governo ou de caridade.
29% morreu.


           
Triste constatação: 95%  dos brasileiros se aposentam pobres, depois de trabalharem a vida toda!



O que é Independência Financeira?




Por conceito ser financeiramente independente significa não depender da renda ativa do seu trabalho principal para pagar suas contas e realizar seus gastos com lazer. Em outras palavras, a renda passiva gerada por investimentos (por exemplo: aluguel de imóveis, produtos financeiros, dividendos de ações, cupons de títulos públicos…) são superiores às suas despesas usuais mensais.

Isso significa menos horas trabalhadas naquilo que você não gosta e mais dinheiro no bolso.

Não espere a Independência Financeira para a aposentadoria. 

Eu acredito que ser financeiramente independente é buscar ser livre. É o poder de escolher trabalhar exclusivamente com o que gostamos.


O que o dinheiro significa para você?


Pode parecer bobagem, mas entender o que realmente o conceito de dinheiro é para você é muito importante. O dinheiro pode ter um significado diferente, pois é carregado de emoções e história, por exemplo, quando se acredita que o dinheiro irá garantir prestígio, autoridade e reconhecimento social: Ou, então, para proporcionar prazer, felicidade, bem-estar psicológico e material, auto-estima, esperança e harmonia nas relações interpessoais; Ou ainda como fonte de segurança. 

Gastar seu dinheiro com roupas e sapatos, além de viagens e outras coisas, não está errado. Desde que você tenha renda ativa e, principalmente, renda passiva para sustentar seus gastos.

Ganhar muito dinheiro não é pecado!

Alguns associam o dinheiro ao Sucesso ou Fracasso na vida. E para você, o que é o dinheiro? Responder esta pergunta honestamente, sem preconceitos religiosos ou morais vai determinar algumas razões do porquê você age de determinada forma.

Tudo aquilo que fazemos, inclusive a auto-sabotagem que nos impede de enriquecer é realizado com uma boa intenção. Trata-se do nosso cérebro buscando algum benefício de prazer em nossas ações. Sempre somos impulsionados para ter prazer ou evitar a dor.

Você já ouviu a expressão que ter muito dinheiro é ter muitos problemas? Ter muito dinheiro é, para a maioria de nós, algo desconhecido. E o cérebro tende a temer o desconhecido, preferindo sempre ficar em uma zona de conforto.

Por isso é preciso clarear a mente e se perguntar:


  • Se eu ficar rico, o que de melhor vai acontecer?
  • Se eu ficar rico, o que de pior vai acontecer?

A verdadeira riqueza não é somente dinheiro no banco. É também um estado mental de abundância e prosperidade que envolve muito mais atitude do que pedaços de papel na carteira. Envolve todas as áreas da sua vida


Deseje ardentemente ser rico


Não importa qual seja o seu patamar de independência ou liberdae financeira, pra você realizá-lo, você precisará:

1) Visualizar claramente em sua mente;

2) Elaborar um plano para realizá-lo;


3) Ter a saúde financeira em dia para que possa financiá-lo com segurança.


A minha fórmula preferida para a Independência Financeira é...


Para iniciar sua nova jornada ao enriquecimento é muito simples, pegue o valor da sua receita mensal e diminua os seus gastos, o resultado nunca deverá ser negativo! Utilize o valor que "sobra" para poupar e investir.




Seguindo esta fórmula para a independência financeira ao longo de sua vida, a tendência natural é você ficar mais rico e mais livre. Assim qualquer pessoa que trabalha consegue ser financeiramente independente.

Inicie com um bom planejamento Planejamento do seu orçamento. Crie uma planilha ou escreva num caderno, não importa, coloque no papel tudo você ganha e gasta todo o mês. Analise de vez em quando suas contas no semestre ou no ano. Conhecer-se é a forma mais eficaz de controlar as finanças. Não esqueça dos gastos eventuais (como os impostos IPTU, IPVA, gastos nas viagens, etc ) que acabam pesando no seu orçamento. 

Combata com ferocidade suas dívidas mais caras. São aquelas em que os juros ou valores são maiores (cartão de crédito, cheque especial, financiamento de um carro ou da casa). Diagnostique os compromissos já contraídos e procure detectar onde está o ralo financeiro.  Procure combater a causa do seu endividamento e não o seu efeito.

Controle seus gastos


Com o controle do orçamento bem definido é possível definir quanto será destinado para o pagamento destas dívidas. Troque dívidas mais caras pela menores, com juros menores e, não faça novas dívidas até o total controle de sua vida financeira.alternativa.

Um exemplo de contas a anotar:

Gastos fixos: Aluguel, condomínio, dívidas, assinatura de TV a cabo, internet e prestações de financiamento.
Gastos variáveis: Conta de luz, telefone, água, gás.
Gastos variáveis: Cinema, restaurantes, roupas, transporte, educação e outros.

 Organize-se para os eventos imprevistos

Deixe reservado o seu Fundo de Emergência. Uma reserva que você precisa ter para simplesmente poder dar um rumo em sua vida em caso de imprevistos como desemprego, doenças e outros que alterem ou até mesmo cessem sua renda. Geralmente de 6 a 12 meses dos seus ganhos mensais.


Dica mais avançada: Inclua por primeiro os valores a serem poupados para a realização da sua meta. No processo de modificação mental e de atitudes de seus hábitos financeiros, não deixe nenhum centavo sem destino, pois dinheiro solto é perdido/gasto sem perceber. Por isso, Poupe ao menos 10% de sua renda líquida.

Se possível aumente esse percentual sempre que puder.

Deixe o Dinheiro Trabalhando Para Você rendendo bons frutos




Os Juros Compostos são um conceito matemático que fez e faz todos que o utilizam corretamente enriquecerem. É a existência desse conceito que vai te permitir o Como Conquistar sua Independência Financeira!

A Fórmula mais simples é:

Montante  = Capital . (1 +  taxa)tempo

Montante é o valor final do Capital mais os Juros Compostos acumulados. É o que vai ficar na sua conta! Para fazer você ficar rico bastam 3 coisas dessa fórmula: reinvestir o capital acumulado (C), a rentabilidade que você escolhe (taxa) e o tempo. 
  • Quanto menos você utilizar o dinheiro que investe, maiores serão os valores gerados nos juros. Evite a todo custo realizar retiradas do montante acumulado com seu fundo de emergência.
  • Os produtos financeiros existentes no mercado possuem diferentes taxas de juros. São os indicadores de investimentos (para o mês de fevereiro de 2014 - Poupança: 6,55 % ao ano; CDI: 8,65 % ao ano; Ibovespa: -17,99 % negativo ao ano). 
  • Quanto mais tempo seu dinheiro estiver investido, maior a incidência dos juros sobre juros em cima do seu investimento inicial. 
Os juros compostos amplificam o crescimento do seu dinheiro. Da mesma forma que investir maximiza seu potencial de ganhos, os juros compostos maximizam o potencial de ganhos do seu investimento.

Como encontrar o seu caminho para independência financeira?


Não fique andando em círculos. Prepare-se para essa mudança. Ela será diferente para cada pessoa, mas provavelmente vai incluir uma ou mais das seguintes opções:

  • Desenvolvimento de carreira e trabalho
  • Coaching Financeiro
  • Identificar a sua visão de vida e futuro
  • Educação continuada para desenvolver inteligência financeira
  • Avaliar o impacto financeiro com ou sem a ajuda de um consultor

Sobre o Tempo que você usa

O dinheiro não compra felicidade. O dinheiro não compra tempo mas, em compensação, quando você tem dinheiro trabalhando para você, sobra tempo para os momentos de felicidade. Considerando que esses momentos são os que mais gostamos na vida, quem não quer ter “tempo de sobra” para realizar-se como pessoa?

Que tal ter mais tempo para ler o livro que você comprou e nem retirou o plástico? Ou então, começar a se dedicar a seu hobbie? Ter tempo de se exercitar e perder aqueles quilos a mais que estão entortando sua silhueta?

Dedique tempo à construção de seu plano de independência financeira no papel ou planilha. Estabeleça suas metas. Tenha a disciplina para poupar e investir. Procure organizar suas finanças, elimine gastos desnecessários, e estabeleça um objetivo. 

Busque bons relacionamentos. Amizades dizem muito sobre os seus valores e comportamentos. Amigos, parceiros amorosos, família não são apenas para saber como se divertir ou passear no fim de semana, mas sim para dividir ideias e assim crescer financeiramente.


Se você não começou desde cedo a criar sua independência financeira, não tem problema. O Importante é começar o quanto antes. É organizar as finanças, eliminando gastos desnecessários e começando a investir.


Um desempregado tem tempo mas não tem dinheiro. Isso não bom. Tampouco ter dinheiro e não ter tempo para usufruí-lo não é bom. Creio que uma bom equilíbrio é ter dinheiro e tempo para alcançar uma excelente qualidade de vida.

Use a Lei de Paretto: gaste sempre 80% do seu tempo, no mínimo, com a solução e apenas 20%, no máximo, com o problema. Porque o tempo que passamos remoendo, pensando ou imaginando consequências de um problema acaba transformando pequenas questões em grandes monstros. E não resolve nada.

Como Fazer Dinheiro para ficar rico

Se você não consegue mais diminuir seus gastos ou quer acelerar o processo de enriquecimento e proclamar sua independência financeira o quanto antes, então busque formas alternativas de multiplicar sua renda. 

Para se viver mais da renda de seus investimentos e menos da renda de seu trabalho é preciso primeiro se esforçar para aprender a cuidar bem dos investimentos, entender um pouco mais de bolsa, etc… 

Administrar patrimônio é quase um trabalho, e como tal, precisa de preparo…. Mas é dessa administração que virá sua independência financeira.

Busque a renda extra para gerar a renda passiva.


Seja através de um “negócio de final de semana” ou buscando se desenvolver no trabalho. Você pode conseguir um aumento melhorando seus conhecimentos e habilidades através de cursos ou conseguindo novos certificados. Se, mesmo assim, você não conseguir com o seu chefe esse aumento, seu currículo o colocará em melhor posição para tentar um novo emprego.

Sempre em Frente. Devagar, mas constante.

Comece com pequenas mudanças e verás grandes resultados ao persistir. Guarde R$ 5,00 por dia. Economizando em pequenos detalhes... café da manhã, no almoço, na gasolina, no lanche ou no cafezinho da tarde. Vá a outros restaurantes, escolha outro caminho para ir trabalhar. Deixe o carro na garagem. Exercite-se vá caminhando de transporte público (sei que não é fácil, mas ser rico vale a pena, acredite).

Sonhar é preciso, Motiva a seguir em frente. Quando alguém não tem sonhos, não sabe porque o sacrifício de poupar e fica mais fácil permanecer no desequilíbrio financeiro e sofre aquela sensação de frustração. Persiga seu sonho. O dinheiro virá atrás. 

Mas cuidado: um sonho não leva a caminho algum, se não for transformado em metas reais.

Defina Metas Financeiras


Definir metas para a sua vida é uma atitude extremamente poderosa. Fazendo direito, você estará criando seu próprio futuro independente. 

Uma meta pode ser definida como boa quando desafia você. Quando o incentiva a sair da cama cedo para cumpri-la. Quando lhe dá energia para cobrar mais de si mesmo do que qualquer outra pessoa jamais cobraria. Quando preenche seus sonhos mais profundos.

Traçar metas é apenas o primeiro passo. Revise-as constantemente. Afinal, sua vida sempre mudará para melhor. Então, suas necessidades e desejos sempre alterarão no decorrer da jornada.

Caminhe com outros iguais


Sozinho você vai rápido. Junto vai mais longe. É crucial envolver família e relacionamentos amorosos no processo de independência financeira. Isso evitará desavenças. É como diz o dito popular: "quando as dívidas batem na porta, o amor pula a janela!". Ninguém enriquece sozinho.

Torne-se o Gerente Executivo da sua casa administrando o dinheiro da "sua própria corporação". Tenha portanto um planejamento estratégico para chegar daqui a três, cinco e dez anos numa condição muito melhor que a atual. Todas as decisões financeiras importantes devem ser tomadas pensando não apenas no quadro atual, mas sim olhando para o futuro. O seu futuro de liberdade.

Faça aquilo que ama ou ame aquilo que faz. Prazer e satisfação geram mais resultados. Ao realizar nossas atividades com otimismo e bom humor, nosso cérebro e corpo respondem melhor aos nossos desejos. Fica mais prazeroso conseguir o dinheiro que você precisa para se tornar independente. Por fim, evite trabalhos que você não irá crescer intelectualmente. Busque novos rumos intelectuais e financeiros.

O aumento do seu patrimônio em ativos que lhe dão dinheiro para quem não nasceu RICO, exige tempo, dedicação e disciplina. É muito importante ser paciente nesta maratona. 



FIQUE RICO VOCÊ PODE!